Conheça a Supercamisinha que mata o vírus HIV

supercamisinha

supercamisinha

A falta de sensibilidade é um dos principais motivos alegados por homens que se recusam a usar camisinha. Além de ser um argumento nada válido, essa história pode estar perto de ser verdade. Uma supercamisinha, capaz de matar o vírus HIV, que oferta maior sensibilidade ao usuário do que as convencionais, deve chegar ao mercado ainda em 2016, segundo os desenvolvedores.

Cientistas do Centro de Ciências e Saúde da Universidade do Texas explicam que o novo modelo será fabricado à base de hidrogel que, caso a camisinha estoure, será capaz de matar o vírus HIV.

Para contornar a desculpa de que as camisinhas diminuem o prazer, a supercamisinha vai contar com um antioxidante para aumentar o prazer. Segundo o pesquisador do projeto, Mahua Choudhery, “os antioxidantes aumentarão os neurotransmissores que trabalham nos terminais nervosos e permitem um maior prazer sexual”.

Segundo Choudhery, diversas empresas se mostram interessadas a colaborar com a Universidade para o desenvolvimento do projeto. Estima-se que o preço de mercado seja de 1 dólar, atualmente quase 4 reais.

[BBC]