Esse cara bebeu todas e pagou US$1,600 em uma viagem de Uber

Beber e dirigir é uma combinação perigosa que as pessoas não deveriam insistir em fazer, certo? Mas beber e chamar serviços de aplicativos também nem sempre é uma boa ideia, porque bêbados costumam tomar decisões ruins. Que o diga esse cara que precisou desembolsar US$1,600 para pagar uma viagem de Uber que acabou saindo um pouco maior do que o planejado originalmente.

uber-conta

Tudo aconteceu porque Kenny Bachman, que mora na Filadélfia, estava com amigos em Morgantown. Uma noite, bebidas, curtição… Consciente, ele pediu um Uber, mas ao invés de dar o endereço do hotel em que estava, ele deu o endereço da sua casa: exatamente, na Filadélfia. A viagem é de 480 km e claro que não saiu barata.

PUBLICIDADE

Bachman conta que apenas se deu conta da situação quando acordou, 2 horas depois do começo da viagem, e se viu em um carro do lado de um cara completamente estranho. Mas entre seguir viagem e ser deixado na estrada, ele optou por continuar no carro. Ao chegar em casa, descobriu a conta do aplicativo.

Primeiro ele tentou questionar a cobrança, dizendo – dentre outras coisas – que não deu o endereço de sua casa na Filadélfia para o motorista. Ele contesta isso, alegando que quando acordou seu celular estava em posse do motorista – que inclusive atendeu uma ligação de seu amigo. Mas no fim das contas, ele acabou concordando em pagar a taxa. Que história, não?