Aos 98 anos, mulher se muda para asilo para cuidar do filho

Quando falamos em asilos, ou casas de repouso, normalmente um peso estranho surge no ar. E não é para menos, já que muitas famílias usam esse recurso para “se livrar” de seus parentes mais velhos. Mas esse não é o caso que contaremos hoje. Essa é a história de uma família com laços afetivos estreitos, e feliz.

tom-ada-keating2

Ada Keating é uma senhora de 98 anos, britânica, que decidiu se mudar para uma casa de repouso para ficar mais perto do filho – Tom Keating, 80. E sabe por que? Porque desde que Tom nasceu, eles sempre foram inseparáveis. Tom acabou precisando de cuidados especiais e, mesmo ainda tendo alguma independência, Ada não pensou duas vezes e se mudou para a mesma casa de repouso do filho.

Os dois são muito ligados e até a equipe do lugar fica impressionada com a relação. Lembra que essa é uma história feliz? Isso porque Tom e Ada estão muito bem acomodados no lugar e a família dos dois é bem presente, fazendo visitas constantes.

tom-ada-keating

Ada teve outros 4 filhos e trabalhou como enfermeira auxiliar em um hospital (atualmente desativado) durante a vida – e, perto do fim dela, foi cuidar de uma das pessoas mais especiais para ela: seu filho.

Escrito por Roberta Machado

Gosto de escrever sobre diversos temas, principalmente sobre curiosidades e fatos desconhecidos.