Chamada com reconhecimento facial? Já existe, na China

Para a tristeza de muitos adeptos do “assina meu nome na lista”, uma novidade chegou as salas de aula: a chamada feita com reconhecimento facial. O recurso vem sendo usado na China – é claro – e divide opiniões.

Shen Hao é responsável por colocar o método em prática na Communications University of China. No início das aulas, o professor fotografou cada um de seus alunos e antes de cada aula, um por um, os alunos se posicionam em frente a um tablet que se encarrega de reconhece-los e dar a presença.

selfie-chamada

Foi o próprio Hao que desenvolveu aplicativo e defende que é uma forma de administrar os mais de 300 alunos que tem sob sua responsabilidade na instituição. Os alunos dividem opiniões. Enquanto uns defendem a técnica pela praticidade, outros temem que se torne comum em outras aulas – afinal, isso acabaria com alguns truques.