Estudos provaram que maconha te deixa preguiçoso

Apesar da fama, cientificamente, ainda não existiam provas contundentes de que o consuma de maconha torna as pessoas, digamos, mais preguiçosas. Isso mudou com a publicação de um estudo conduzido em 2015. O estudo foi publicado na Psychopharmacy e coordenado por cientistas da Universidade da Califórnia.

maconha-preguica-provado

Em 2013, um estudo chegou a apontar que o uso prolongado da cannabis destrói a dopamina, que é um neurotransmissor responsável pelas sensações de cognição, aprendizado memória e bem-estar.

O estudo mais recente realizou testes com grupos de pessoas, entre usuários e não usuários, para medir o efeito da cannabis na motivação do sujeito em realizar tarefas. Por exemplo: sob efeito da cannabis, em um experimento onde a motivação era financeira, onde o nível de esforço refletia no valor recebido, os voluntários não demonstraram interesse em esforço; sem o efeito da droga, no entanto, a maior parte dos voluntários optaram por tentar valores maiores, ainda que isso exigisse mais esforço.

No entanto, a boa notícia é que os níveis de dopamina voltam ao normal, aos poucos, a partir do momento em que o indivíduo deixa de fazer uso da droga. Os pesquisadores ainda buscam esclarecimentos sobre essa relação.

[hypescience]

Escrito por Roberta Machado

Gosto de escrever sobre diversos temas, principalmente sobre curiosidades e fatos desconhecidos.