5 séries retrataram gays melhor que Liberdade, Liberdade

O Brasil parou na noite de ontem quando, durante o horário nobre, uma cena de sexo gay foi retratada na novela “Liberdade, Liberdade”. Na verdade, a cena, que mal teve 5 minutos, não mostrou absolutamente nada demais, sejamos sinceros. O que não diminuiu o rebuliço nas redes sociais.

gay-sexo

A cena não deixou de ser um avanço dentro do cenário brasileiro, mas ainda está muito aquém de outras produções ao redor do mundo.  Por isso, listamos 5 séries que retratam personagens gays de forma mais real, sensível menos caricata e com menos pudores. Se liga na lista:

1. The L Word

gay-sexo2

Um marco no que diz respeito as lésbicas, a séries acompanha a vida de um grupo de amigas gays que enfrentam os dilemas e desafios da vida juntas. A série é muito sensível e tratou de temas como transexualidade, racismo e machismo, isso tudo lá em 2004.

2. Queer as Folk

gay-sexo3

Lá em 2000, estreava na tv norte-americana a série Queer as Folk que, como a anterior, acompanhava a vida de um grupo de amigos LGBTs nas empreitadas da vida. Temas como HIV e modernidade foram tratados.

3.  Looking

gay-sexo4

Já em 2014, quem chamou a atenção foi Looking. A série encarou o desafio de retratar personagens gays de forma realista e sensível. A trama tratou de assuntos como paquera pelas redes sociais e Truvada como forma de evitar o contágio de HIV.

4. Orange is The New Black

gay-sexo5

Apesar da pegada bem humorada, essa série de 2013 é diferente de tudo que você já viu. A série se propõe a tocar em sérios assuntos sociais (machismo, feminismo, racismo, classe, idade e etc) e critica, na base de seu roteiro, o sistema carcerário norte-americano.

5. Gracie and Frankie

gay-sexo6

Em 2015, o mundo conheceu Gracie e Frankie. As duas, que nunca foram lá grandes amigas, acabam tendo que viver juntas depois de seus ex-maridos assumirem o relacionamento. Então, diante desse drama, a história se desenrola.

BÔNUS:

gay-sexo7

Longe do grande público da TV aberta, as webseries LGBT brasileiras chamam a atenção. Conheça RED e Copan!